sábado, 9 de julho de 2011

Susto ao atualizar o meu Galaxy S para Gingerbread...

Ontem eu fui atualizar o meu galaxy s para a versão gingerbread. Como ainda infelizmente eu tenho muito receio de mexer com firmwares e tals, eu pedi ajuda ao meu amigo Vinícius que já havia me ajudado na atualização para o Froyo. 

Fiz um backup copiando os arquivos da memória interna e mandei bronca na atualização.

O Vinícius achou que deveria marcar o repartition e usando a atualização ARO para gingerbread, iniciou o processo de atualização. Como eu já lera bastante no Brasildroid a marcação da opção repartition só deve ser feita se a ROM possuir o arquivo dbdata.rfs. E para a minha "sorte" obviamente essa rom que eu estavacolocando não tinha o tal arquivo. Resultado: o reparticionamento foi feito pela metade e o celular ficou "brickado". Não digo exatamente brickado, porque o bootloader ainda estava funcionando e era possível entrar no modo download.

A partir daí começou a saga em busca da "ROM Salvadora" como também foi batizada no Brasildroid. Essa ROM seria qualquer uma que tivesse o arquivo dbdata.rfs. Obviamente, o primeiro lugar que eu iria procurar a ROM era no site do Brasildroid, é claro! Abri o browser e digitei a url. Para então me deparar com uma mensagem dizendo que o site não estava disponível!! Impressionante, há 30 segundos atrás estava no ar. Obviamente Murphy imperou no momento.

Fiquei tentando encontrar a ROM, mas finalmente o Vinícius conseguiu achar uma 2.3.4 JVQ completa e conseguimos, ou melhor, ele conseguiu restaurar o celular. 

A partir daí, foi chuchu beleza... Colocamos um kernel do onecosmic (afinal, a rom européia faz com que o touch panel do i9000B não funcione) e tudo ficou ótimo! O único "problema" agora é que a rom não tem pt-br só pt-pt.

Felizmente tudo está ok agora e estou com a ROM 2.3.4 JVQ rodando quase perfeitamente. Faltam alguns ajustes ainda, como instalar o aplicativo da tv, instalar o gtalk com vídeo e verificar como calibrar a bússula porque no 2.3 ela não funciona :(

Bom, é isso. Eu imagino que depois desse susto eu consegui perder um pouco mais do medo de mexer com esse celular. Embora eu ainda tenha que mexer muito para perder mais medo...

quarta-feira, 6 de julho de 2011

Novo plugin ADT 12 para o Eclipse

Comecei a usar a nova versão 12 do ADT hoje e já posso dizer que há uma melhora significativa na facilidade de se desenhar as interfaces em relação às versões anteriores...

Em especial, desenhar as telas usando o RelativeLayout está muito mais fácil. Percebi que se tem um maior controle sobre o posicionamento dos elementos de interface: caixas de texto, caixas de edição etc. Você consegue colocá-los exatamente onde você quer!

Consegui criar um novo layout para a lista de cartas do VampiDroid em poucos minutos:



Eu usei pouco, mas já pude perceber que houve um grande avanço e espero que essas mudanças e outras que virão ajudem a aumentar ainda mais a qualidade dos aplicativos para Android.

segunda-feira, 4 de julho de 2011

Design patterns no Android - Scrolling Tabs

Hoje eu fui procurar no Google como fazer uma interface parecida com a do Google Docs e recentemente no Google+. Eu gostei muito de como os textos deslizam quando você faz o swipe:



Daí, na pesquisa, consegui achar esse artigo:

http://www.androiduipatterns.com/2011/04/google-docs-for-android-ui-pattern.html

Onde o autor comenta sobre a interface do programa e faz um pedido semelhante ao que eu gostaria também: Que a Google disponibilizasse essa funcionalidade como opensource de forma que pudéssemos usar em nossos programas!

Felizmente, no último comentário do artigo, um usuário comenta de um projeto que faz algo semelhante:

http://code.google.com/p/andro-views/

Esse projeto parece que foi descontinuado em favor de um outro no github:

https://github.com/pakerfeldt/android-viewflow

E pelos exemplos no site, parece que consegue reproduzir a funcionalidade do scrolling tabs de uma maneira muito legal também.

Fotos dos exemplos no site:



Portanto, fica a dica aí para quem quiser implementar uma interface semelhante à encontrada no Google Docs.

Apresentação do FISL12

UPDATE: Adicionei algumas fotos.

Esse ano eu fiz uma apresentação sobre o Android no FISL 12.

O título foi: Programação para Android com banco de dados e publicação no Market.

A apresentação foi muito legal, pena que não deu tempo de falar tudo.... Eu calculei mal o tempo de exposição. Vou trabalhar para que isso não aconteça novamente.

Os slides podem ser conferidos aqui: http://ubuntuone.com/p/12n3/

Obrigado a todos que compareceram e espero vê-los no FISL 13 ano que vem!!

Algumas fotos tiradas pelo meu amigo Horita!






terça-feira, 22 de março de 2011

Primeiro aplicativo no Android Market!

Olá, pessoal!

Consegui colocar o primeiro aplicativo no Android Market: VampiDroid Cards Reference. Para baixar, basta acessar esse link para o Android Market.

O que é o VampiDroid?

O VampiDroid foi inspirado na ideia de servir de referência para obter informações sobre as cartas do jogo: VTES - Vampire: The Eternal Struggle

Eu e meus amigos jogamos muito esse jogo e eu pensei que ter mais essa fonte de informação disponível à mão no celular seria bastante interessante e útil.

Nessa primeira versão já estão disponíveis algumas funcionalidades interessantes. Você já pode:

  • ver a listagem de todas as cartas;
  • fazer pesquisa pelo nome;
  • ver o conteúdo da carta (disciplinas, texto, requisitos, etc)

Para as próximas versões estou planejando implementar a ideia do meu amigo Osny que é permitir a criação, importação e exportação de decks. Dessa maneira o jogador vai poder criar novos decks e catalogá-los além de poder importar os catálogos já criados por outros jogadores. 

Além dessa ideia, estou pensando também em implementar muitas maneiras de fazer ordenação das cartas. Assim, o jogador poderá ver cartas ordenadas por disciplina, clã, custo, e vários outros critérios.

quinta-feira, 26 de agosto de 2010

Adeus Motorola

Bom, esse post é para registar a minha indignação com a Motorola pela sua postura, no mínimo, desrespeitosa para com o consumidor brasileiro e das outras regiões afetadas com relação ao Milestone e a sua atualização do sistema operacional Android para a versão 2.2.

De acordo com o site de suporte oficial, https://supportforums.motorola.com/community/manager/softwareupgrades?view=overview o update não irá acontecer. (Atualizado: No momento desse post, eles voltaram atrás e estão avaliando novamente. Veja aqui: http://www.gizmodo.com.br/conteudo/motorola-milestone-nao-sera-atualizado-para-android-22-no-brasil um screenshot anterior indicando claramente que não haveria a atualização ).

O que se pode aprender com isso?

Não devo mais usar os produtos da Motorola! 

Não estou dizendo que isso não possa acontecer com outras fabricantes e/ou operadoras. Não sei quais são os pesos considerados para se tomar uma atitude dessas. De acordo com esse excelente artigo do Cesar Cardoso: http://pinguinsmoveis.com/da-arte-de-falar-e-nao-dizer-nada/ existe um discussão a respeito de uma possível teoria do porquê não se levou em consideração a atualização: "[...] um dos motivos iniciais para o não-upgrade para o 2.2 seria a baixa adesão – menos de 10% – da atualização do Android 2.0 original do Milestone para o 2.1, lançada neste ano" Ou seja, eu fico refém da fabricante pensar se eu quero ou não o update. É claro que eu vou querer o update. César também faz várias observações interessantes a respeito do porquê a adesão ter sido baixa.

Outro ponto que me desmotivou mais ainda  foi saber que em outros lugares do mundo o mesmo Milestone será atualizado! E por que aqui não o seria? O fato de haver uma atualização para o Milestone em outro lugar invalida qualquer argumento de que a atualização aqui não é possível por questões técnicas. ( Por exemplo, quando sair o Android 3.0, talvez o Milestone não consiga rodá-lo, mas por questão técnica apenas. E ainda assim, existe o talvez)

Retomando o raciocínio sobre fabricantes e operadoras não fazerem os upgrades, eu observei que a melhor estratégia hoje é você não depender de nenhuma delas. Como fazer isso? Comprando um celular que seja suportado pelo pessoal que cria ROMs customizadas: CyanogenMod Nesse post são documentados os aparelhos que têm suporte ao CyanogenMod 6:



  • Nexus One

  • Motorola Droid*

  • HTC EVO

  • HTC Desire

  • HTC Incredible

  • HTC Hero (GSM/CDMA)

  • HTC Dream

  • HTC Magic

  • HTC Aria

  • MT3G Slide

  • (*Note que o Motorola Droid está na lista. Mas isso porque o Droid não tem restrições para carregar ROMs como o Milestone tem.)

    Dessa forma, caso a fabricante e/ou operadora não queiram mais atualizar os aparelhos simplesmente "porque eu não quero", vc pode recorrer ao pessoal que faz um ótimo trabalho. Nesse momento faço o pedido de que, se você gostou do projeto, doe uma grana pro pessoal para que eles continuem adicionando novas funcionalidades.

    Eu fico muito triste em ver essa postura da Motorola. Mas para mim, não existe mais espaço para que eu confie em comprar nenhum outro celular dela nem recomende a ninguém isso pois corre-se o risco de ficar sem as atualizações "somente porque a Motorola não quer".

    Motorola, muito obrigado por tudo. O Milestone é um aparelho muito legal. Adoro a tela dele, mas infelizmente as suas decisões me fizeram acreditar que você não é a fabricante em quem eu deva confiar mais.

    terça-feira, 17 de agosto de 2010

    Inglês ou português?

    Olá!

    Após criar esse blog, eu fiquei em dúvida sobre qual idioma utilizar para as postagens aqui.

    Eu fiz umas pesquisas por Android, blog no Google para verificar se havia muita coisa em português e não achei muita coisa. Por outro lado, fico imaginando que colocando em inglês mais pessoas poderiam entender o blog, em compensação, os leitores de língua portuguesa que não soubessem inglês ficariam de fora.

    Sugestões???